porInoova Comunicação

CDL e Sindilojas reivindicam reabertura urgente do setor

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Içara e o Sindicato dos Comerciantes de Içara, Morro da Fumaça e Balneário Rincão elaboraram uma correspondência conjunta ao Governo do Estado de Santa Catarina nesta segunda-feira, dia 30. A intenção com o documento é apresentar a reivindicação pela abertura urgente do setor na cidade conforme o prazo anteriormente delimitado no Plano Estratégico, ou seja, que o comércio possa reabrir a partir de 1 de abril com os devidos cuidados que forem necessários.

“Com pandemia, tudo é essencial, pois se uma loja não abrir, por certo uma grande cadeia diretamente ligada não receberá tais, como exemplo, citamos três dentre centenas de partes afetadas: órgão público não terá a mesma arrecadação para a administração de suas obrigações; o empregado formal não terá a total remuneração de costume e necessária para comprar os alimentos para a família; o empresário que não tiver garantia real para oferecer ao banco não terá faturamento para pagar o aluguel do imóvel e demais obrigações”, comunica.

Confira a carta na íntegra

porInoova Comunicação

Representadas por Dona Wanda, comerciantes são homenageadas na Câmara Municipal

Wandete Cechinel da Silva representou todas as comerciantes içarenses na noite desta terça-feira, dia 10. A indicação foi realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas à pedido do Poder Legislativo de Içara para a composição de uma sessão especial. Junto com ela, outras 26 mulheres foram homenageadas pelo empenho e dedicação no crescimento da cidade.

Filha de Olívio Cechinel e Laudelina de Souza Cechinel, Dona Wanda nasceu no dia 24 de novembro de 1940, em Morro da Fumaça. Sua jornada foi marcada por muitos desafios: ainda menina, aos 11 anos, foi estudar no Colégio São José, em Tubarão, em regime de internato, onde permaneceu durante quatro anos, tendo que enfrentar nesse período a grande saudade da família, resultando no abandono dos estudos e no retorno a Morro da Fumaça.

Aos 15 anos, começou a namorar com o saudoso Manoel Jorge da Silva, natural de Içara, com quem se casou dois anos depois, e começou a construir seu projeto familiar. Desse enlace nasceram os filhos Celso Luiz, Vera Lúcia, Silvia Regina e Maria Susana. E, desses, na sequência, vieram os netos Luiz Fernando, Cristina, Renata, Pedro Henrique, Maria Luísa, Lara, e o bisneto João Pedro.

Dona Wanda, juntamente com seu esposo, fez um caminho de empreendedorismo, iniciando uma trajetória de lojista que já chega a 60 anos. Um ano após o casamento, em 1948, o casal mudou-se para o bairro Aurora – antiga Mineração de Içara, onde abriu o seu primeiro negócio, uma loja de tecidos. Em 1965, a família transferiu-se para o centro de Içara, inaugurando a loja M Silva – de tecidos e confecções.

Foram anos de muito trabalho, quando dona Wanda dividia seu tempo entre o balcão e a função de esposa e mãe. Ainda que contasse com serviços de colaboradoras, conseguiu conciliar o trabalho no comércio com as funções de mãe e dona de casa, lembrando que as mulheres da época não contavam com creches, máquina de lavar roupa, comidas prontas e outras facilidades de hoje. Muitas, ao se casarem, levavam de presente uma máquina de costura para confeccionar as roupas da família. Nesse contexto de dificuldades e lutas, dona Wanda começou a se estruturar como mulher guerreira, entre tantas outras de sua época.

Além do trabalho no comércio, Dona Wanda também ajudou a fundar o Lions Club de Içara, ao lado de seu Manoel, juntamente com um grupo de amigos. Foram anos de muita doação à comunidade, com ajuda a famílias carentes do município.

Próxima de completar 80 anos, dona Wanda acumula em sua existência uma vida feliz de trabalho e convívio familiar, da qual tem muito orgulho. Uma mulher de muita fibra, que sempre atuou ao lado do esposo, com quem construiu uma história exemplar: amor à família, ao trabalho e à comunidade. Uma história de inspiração às novas gerações e à Câmara de Dirigentes Lojistas de Içara.

porInoova Comunicação

Comércio de Içara terá liquidação a partir de quinta-feira

O comércio já está preparado para o Liquida Içara. Neste ano, mais de 200 lojas receberam o material para fazer parte da promoção da Câmara de Dirigentes Lojistas. Além de descontos que podem chegar a 50% até o próximo dia 13, a primeira campanha de 2020 terá também o início do Sábado Total com o funcionamento no dia 8 até às 17h.

“Percebemos que este é um ano de otimismo entre os comerciantes. Nossa expectativa é alcançar até 6% de incremento sobre a campanha do ano anterior. O Liquida Içara será apenas a primeira promoção de uma série de ações programadas para tornar o comércio local ainda mais competitivo regionalmente”, anuncia o presidente Alexandre Fernandes.

A melhora econômica é apontada pela Confederação Nacional das CDLs como resultado de algumas ações pontuais, como campanhas de renegociação de dívidas e a liberação dos recursos do FGTS. O volume de brasileiros com atraso nas contas recuou 0,2% na comparação de 2019 com o ano anterior. No Sul, a estimativa é que 35,5% da população adulta (quase 8,2 milhões de pessoas) ainda esteja inadimplente. É o menor percentual do país.

porInoova Comunicação

Consumidor premiado com carro recebe as chaves da CDL e do Procon

Rodrigo Godói Silveira estava ansioso para ter em mãos os documentos de seu primeiro carro zero quilômetro nesta quarta-feira, dia 15. O sonho do gaúcho radicado em Içara foi realizado por meio das compras feitas na cidade ao longo de 2019.

Dentre quase 3 milhões de cupons da promoção Içara e Você de Carro Zero, o soldador foi vencedor de um Kwid. O sorteio ocorreu na praça da matriz São Donato no aniversário de Içara, dia 30. E do alto do Morro do Urubu, em Palhoça, a notícia foi recebida pelo vencedor da campanha promocional realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas e o Procon.

“Levamos um susto. Pensamos até que era um trote. Acreditamos somente depois de ver no site. Este carro vai representar uma grande conquista após um ano de muita dificuldade. Não temos palavras para agradecer a receptividade da cidade”, indica o sortudo.

“Queremos agradecer a todos que preencheram os cupons e colocaram nas urnas. Nesse ano teremos uma promoção ainda maior”, acrescenta o presidente da CDL, Alexandre Fernandes. “Quem compra em Içara ajuda a cidade a crescer. Foi isso que todos os consumidores fizeram no decorrer de 2019 ao fazer a roda da economia girar na cidade”, pontua a diretora do Procon, Karoline Calegari.

porInoova Comunicação

Morador do bairro Primeiro de Maio fatura Renault Kwid em promoção da CDL e Procon

Rodrigo Godói Silveira vai começar 2020 com o pé no acelerador. O soldador gaúcho, radicado em Içara há somente oito meses, foi o vencedor de um Renault Kwid com um cupom do Giassi Supermercados na tarde desta segunda-feira, dia 30. O sorteio certificado pela Caixa Econômica Federal encerrou a promoção Içara e Você de Carro Zero Quilômetro realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas em parceria com o Procon. O anúncio do sortudo ocorreu na Praça da Matriz com a participação espontânea de cinco consumidores na fiscalização do processo. “Faz 20 anos que não tenho o meu carro próprio. Levei um susto ao me contatarem. Agora, mais tranquilo, poderei começar o ano muito bem”, indica o morador do bairro Primeiro de Maio, de 35 anos.

“A promoção foi um sucesso. Recebemos quase 3 milhões de cupons ao longo de quase seis meses de promoção. Ou seja, todos os içarenses tiveram a chance de participar em uma das 250 lojas associadas a CDL. Esta premiação é uma forma de presentear a cidade no dia dos seus 58 anos de emancipação”, indica o presidente da CDL, Alexandre Fernandes. “Não tivemos somente o sorteio de um carro. Realizamos palestras nas escolas, fizemos a distribuição de cartilhas e ações de educação financeira. Agradecemos por parcerias como essa”, completa a diretora executiva do Procon, Karoline Calegari.

Além do carro, a CDL e o Procon promoveram em novembro o concurso Quem Compra em Içara Faz a Cidade Crescer. Lara Andrade Fernandes (poesia), Natália da Silveira Costa (memórias) e Maria Eduarda Colle Mariot (crônica), da Escola São Rafael, além de Yasmin dos Santos Rodrigues (desenho), da Escola Paulo Rizzieri, ganharam R$ 500 em vale-compras ao expressarem a força do comércio local. “Comprar em Içara gera emprego e desenvolvimento. Essas parcerias estimulam a economia. Por isso, em 2020 a campanha já está assegurada e será ainda maior”, pontua o prefeito Murialdo Canto Gastaldon.

porInoova Comunicação

Comércio de Içara inicia horário especial nesta segunda-feira

Os içarenses terão mais tempo para as compras a partir desta segunda-feira, dia 9. As lojas associadas a Câmara de Dirigentes Lojistas da cidade funcionarão até às 21h ao longo da semana. No sábado abrirão até às 17h e no domingo atenderão das 17h às 22h, igualmente ao dia 22. Dos dias 16 a 20, além de 23 de dezembro, o expediente continuará até às 22h. Já na véspera do Natal as lojas estarão abertas até às 17h e nos dias 25 e 26 não funcionarão.

A partir desta semana o Doce Natal de Içara também terá atrações na Praça da Matriz São Donato. Os shows serão realizados pelas oficinas culturais, além de bandas da região. No próximo domingo terá ainda a Palhaça Moranguinho, a presença do Papai Noel, pintura facial e arte com balões das 17h30 às 21h30.

“Entramos agora na reta final da promoção Içara e Você de Carro Zero. A cada R$ 50 em compras nas lojas associadas, os clientes devem requisitar o cupom para concorrer ao sorteio de um Kwid”, pontua o presidente da CDL, Alexandre Fernandes. A promoção, em parceria com a Prefeitura de Içara e o Procon, encerrará no aniversário de Içara, 30 de dezembro.

porInoova Comunicação

Estudantes recebem premiação da Liga Sustentável da CDL na Escola

A delicadeza das borboletas deu asas à imaginação de Ana Luisa Simão Pacheco. Estudante do nono ano da Escola São Rafael, a redação da jovem foi premiada pela Liga Sustentável em Defesa da Biodiversidade nesta quinta-feira, dia 5. Em segundo lugar ficou Lara Andrade Fernandes, do quinto ano da mesma escola. Já os desenhos vencedores do concurso CDL na Escola foram de Débora Cechinel Calegari, do quinto ano da Escola Quintino Rizzieri, e, na segunda colocação, Larissa Esteves Raichaski, do sexto ano da Escola Maria Arlete Bitencourt Lodetti. Cada uma recebeu uma mochila e um kit escolar pelo desempenho.

“Cabe a cada um de nós fazer a sua parte como uma liga, plantando até mesmo uma simples flor, que retribuirá com seu doce e belo perfume a falta de amor. Que possamos fazer parte da natureza para poder, como a borboleta, voar na brisa leve, indo… fluindo, sorrindo como criança de pés descalços em um dia de chuva”, coloca Ana Luísa. “Essa visão de sustentabilidade é muito importante entre os jovens, pois, além de serem o futuro do planeta, são também propagadores em suas famílias”, indica o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Içara, Alexandre Fernandes.

“Este é um concurso que premia apenas os primeiros colocados. Mas a quantidade de trabalhos bons foi fantástica e, por isso, a premiação foi estendida como inventivo aos estudantes”, indica a coordenadora pedagógica municipal do Ensino Fundamental da Secretaria de Educação de Içara, Eliane Magdalena. A leitura das redações e a apresentação dos desenhos – selecionados em conjunto com o Sicoob e a Secretaria de Educação – ocorreu no ginásio da Escola Professora Salete Scotti dos Santos, onde segue a Jornada Literária.

porInoova Comunicação

CDL e Procon premiam estudantes com vale-compras na abertura do Doce Natal de Içara

A visão dos jovens de Içara sobre o comércio local demonstra a variedade, a qualidade, o zelo no atendimento e ainda a contribuição que cada compra proporciona no retorno em investimentos na cidade. Ao todo, 26 desenhos, poesias, memórias e crônicas foram avaliadas pela coordenadora pedagógica municipal do Ensino Fundamental, Eliane Magdalena; a coordenadora de Artes, Lilian Philippi; as comerciantes Shelbia Casagrande e Iêde Cardoso dos Santos; além da diretora do Procon, Karoline Calegari, para a escolha dos vencedores do concurso Quem Compra em Içara Ajuda a Cidade a Crescer. O anúncio dos vencedores ocorreu na abertura do Doce Natal de Içara.

A premiação de R$ 500 em vale-compras, realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas e o Procon, em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação, foi entregue para Lara Andrade Fernandes (poesia), Natália da Silveira Costa (memórias) e Maria Eduarda Colle Mariot (crônica), ambas da Escola São Rafael; além de Yasmin dos Santos Rodrigues (desenho), da Escola Paulo Rizzieri. A entrega foi realizada junto com Papai Noel.

O projeto levado às escolas teve como finalidade incentivar a educação financeira e apresentar a importância do fomento dos negócios locais para o crescimento sustentável da cidade. Uma cartilha com informações sobre o retorno de impostos e sugestões de planejamento pessoal foi entregue aos alunos do ensino fundamental da rede municipal. A parceria do Procon e da CDL teve também uma palestra aos comerciantes e se estende ao sorteio da promoção Içara e Você de Carro Zero no aniversário de Içara, no dia 30 de dezembro.

porInoova Comunicação

Aprovado pela maioria: comerciantes içarenses optam por continuidade do sistema rotativo

Implantado há mais de um ano de Içara, o sistema de estacionamento rotativo estava, há alguns meses, dividindo a opinião dos comerciantes da área central do Município. Para ouvir os anseios e verificar se os lojistas tinham desejo pela continuidade da Zona Azul, foi realizada na noite desta quarta-feira uma Assembleia, convocada pela Administração Municipal e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

De acordo com o prefeito Murialdo Canto Gastaldon, o sistema foi implantado na cidade justamente por ser uma demanda dos integrantes da CDL. “Atendemos o pedido da CDL. Buscamos referências, a empresa ganhou o edital e após a implantação, ao longo dos meses, fomos readequando. Tivemos vagas suprimidas fazendo com que a remuneração ficasse menor. Mas nós ainda fomos além: não há cobrança na frente do hospital, no INSS, em cargas e descargas, das 12h às 13h, além disso, idosos e deficientes também podem circular livremente desde que estejam com identificação, a tolerância aumentou para dez minutos, e o preço é um dos mais baixos, R$ 1,80”, explanou.

No entanto, com as mudanças ocorridas ao longo do ano, o que era previsto em edital acabou sendo extremamente modificado. “Eliminamos diversos pontos, a equipe de monitores aumentou, mas ainda assim, notamos que há algumas reclamações. Deixo registrado o meu ponto de vista que, caso optem por tirar o rotativo acredito que será ruim para estacionar, com grande prejuízo para o comércio e para a população em geral. Todas as cidades do porte, e algumas até menores que Içara, tem rotativo, mas estamos aqui para ouvi-los”, colocou o chefe do executivo ao abrir a assembleia.

“Fizemos uma campanha pelo rotativo, isso nós enquanto comerciantes nunca vamos negar. Entretanto, reconhecemos que o sistema quando iniciou trouxe transtornos, mas sempre tivemos muita atenção e respostas por parte da Administração e da empresa. Se o tirarem estaremos na mesma situação que estávamos anos atrás, quando planejávamos a sua implantação”, pontuou o comerciante Valdecir José Sehnem.

A opinião sobre os pontos positivos do sistema foi compartilhada pelo fotógrafo Gilmar Axé. “Há cerca de dez anos fizemos um movimento de falar com os comerciantes para que os proprietários e funcionários não estacionassem seus veículos em frente aos seus empreendimentos, priorizando os clientes, mas naquela época já não funcionou. Se todos tivessem consciência de deixar longe do centro ou convencer cada funcionário para não estacionar em frente da loja, aí não seria necessário. O poder aquisitivo da população aumentou e muitos tiveram condições de comprar carro, é natural esse fluxo intenso de veículos, não há como o Centro comportar todos. O Brasil está em meio a uma crise econômica, as quedas de vendas não se dão pelo sistema de vagas e sim por problemas maiores. Se tirarmos o rotativo, vai virar um caos. Peço aos colegas que analisem isso”, disse.

O dentista Rafael Zanette Casagrande, que possui uma clínica também na região central, destacou a importância do aplicativo, uma das formas de pagar pelo tempo nas vagas. “Poucos usam o aplicativo, e vejo que se há relatos de problemas para encontrar o monitor essa pode ser uma boa solução, pelo menos aos que dispõe de acesso à tecnologia. Percebemos que o rotativo em si não é a discussão, e sim alguns detalhes de como ele é conduzido”, destacou. “Uma outra sugestão para auxiliar nossos clientes é comprar a raspadinha e oferecer aos nossos a eles”, completou o presidente Alexandre Fernandes.

“Se nós tirarmos o estacionamento, seremos a primeira cidade do Brasil onde os comerciantes fizeram uma escolha do tipo. Não vamos atribuir o momento que estamos passando ao estacionamento, temos que tomar cuidado. Vamos ajustando o que precisa ser melhorado “, destacou Renato Brígido, que é comerciante e presidente do Observatório Social de Içara.

Votação

Após as manifestações, foi realizada uma votação para decidir pela manutenção ou rompimento com a empresa Seibert, que administra o sistema. Do grupo de mais de 40 participantes, apenas 10 comerciantes foram contra e 21 se posicionaram a favor.

A comerciante Zoraide Amélia Soares Benincá, uma das que votou contra, disse que teve alguns prejuízos após a instalação do serviço. “Senti uma queda de vendas de 30%,. Nós precisamos do povo, o povo não está acostumado com isso, principalmente nossos clientes do interior. Obviamente que as quedas não se devem exclusivamente ao rotativo, mas teve intensa participação. Nossa Içara ainda não comporta isso”, colocou.

Participaram da assembleia os empreendimentos que integram o quadrante do rotativo. O CDL apresentará por escrito ao Governo as reivindicações elencadas por alguns comerciantes, e essas demandas serão repassadas para a empresa.

 

[Texto: Prefeitura Municipal de Içara]

porInoova Comunicação

Prefeitura e CDL reabrem debate sobre o estacionamento rotativo

A consolidação do sistema rotativo em Içara vai voltar ao debate entre comerciantes nesta próxima quarta-feira, dia 30. A avaliação sobre o funcionamento ocorrerá em reunião aberta a todos os comerciantes abrangidos pela Zona Azul na Câmara de Dirigentes Lojistas com a participação da Prefeitura de Içara a partir das 18h30. “Recebemos esta provocação do Poder Executivo devido a reclamações de usuários e consideramos importante compartilhar com os empresários quaisquer possibilidades de novas deliberações, inclusive, numa hipótese mais extrema até de extinção”, coloca o presidente da CDL, Alexandre Fernandes.

A Zona Azul foi implantada em abril de 2018 e desde então já passou por algumas alterações para atender aos anseios dos lojistas e clientes. Entre as mudanças, foi incluída a isenção da cobrança entre 12h e 13h, o estacionamento gratuito aos idosos e cadeirantes, também houve a exclusão da Rua Vitória, além de áreas de serviço público, por exemplo, o INSS e o Hospital São Donato. “A CDL esteve desde o início no acompanhamento e assim se manterá junto com o Poder Executivo para que o comércio tenha condições de competitividade e acessibilidade”, pontua Alexandre.